fbpx

Beber mais água no pós parto

   Um bom estado nutricional, como todos sabemos, é fundamental para garantir uma boa saúde. Mas de todos os nutrientes imprescindíveis à vida, há um que se destaca, a água. 

   Certamente que a água é sempre um bem essencial para todos nós. No entanto, há momentos em que as nossas necessidades ficam aumentadas. Tais como fases de crescimento mais acelerado, prática de atividade física, situações de doença, gravidez e recuperação de eventos mais exigentes para o corpo. 

Necessidades de água na gravidez

   Durante a gravidez não temos dúvidas de que precisamos de beber mais água. Afinal estamos a beber por dois certo? Não é exatamente isso, mas a verdade é que assumimos facilmente a responsabilidade de beber bastante água.

   Entendemos bem que as nossas necessidades estão aumentadas. Para além da água que já tínhamos de beber antes, passamos a ter de garantir água para a placenta, líquido amniótico, aumento do volume de sangue e para o próprio bebé ou bebés. Mas, e depois da gravidez, o pós parto?

   Pois…é exatamente neste período pós parto que a mãe tende a esquecer-se das suas necessidades! 

Necessidades de água no pós parto

   A chegada de um bebé, com certeza, altera tudo. Obviamente que as suas necessidades passam a ser prioritárias. Como resultado, vamos esquecendo os adultos.  Ora, mas como podem afinal a mãe e o pai cuidar do bebé se não estiverem em boa forma e com saúde? 

   Acima de tudo, uma das primeiras necessidades que deve ser satisfeita é a ingestão de água. E não chega ir molhando os lábios ao longo do dia, ou chegar à noite e beber um copo de água antes de dormir. Nada disso. Em especial, para a mamã.

   Para esclarecer, o pós parto é um período tão exigente para o corpo da mulher como a própria gravidez. Não é por acaso que se consideram os 3 primeiros meses de vida do bebé como o 4º trimestre. Isto serve para o bebé e para a mãe. 

Beber mais água no pós parto é fundamental para assegurarmos uma ótima e rápida recuperação da mãe. É preciso repor toda a água perdida no parto (sangue e fluidos), compensar uma alimentação menos ajustada que a mãe possa ter e garantir as necessidades habituais. Mais importante ainda, assegurar as necessidades de água se a mãe estiver a amamentar. Neste caso, a quantidade de água que a mãe precisa passa de muita para imensa!

Então, como beber mais água no pós parto

   Acima de tudo, o importante é que a mãe beba mais água no pós parto. Esta ingestão deve ser:

  • distribuída ao longo do dia,
  • pequenas quantidades de cada vez
  • preferencialmente na forma de água,
  • mas também em chás, infusões e/ou cevada (sempre sem açúcar, adoçantes ou equivalentes).

   No entanto, sabemos que no dia-a-dia não é assim tão fácil manter estas recomendações. Por isso, é fundamental que encontre e defina estratégias que a ajudem a beber mais água no pós parto.

Certamente não existem soluções milagrosas. O importante é que encontre medidas que funcionem para si. Alguns exemplos podem ser:

  • coloque lembretes no telemóvel para beber água (de 15 em 15 minutos, ou de 30 em 30 minutos, por exemplo)
  • defina uma quantidade de água para beber num determinado momento (tal como 1 garrafa de 75cl em cada hora)
  • pode da mesma forma distribuir garrafas ou copos de água pelos vários compartimentos da casa, para se ir lembrando ao longo do dia
  • além disso, pode estabelecer momentos específicos para beber água, tais como o momento em que o bebé mamar, ou sempre que trocar a fralda.

   Resumindo, independentemente das estratégias que defina, o importante é beber mais água ao longo do dia, sobretudo no pós parto. Lembre-se que a sua saúde é fundamental e determinante para a saúde do seu bebé também.

dina

Nutricionista clínica, coach nutricional e formadora. Especialista na Saúde da Mulher, Nutrição materno-infantil, Nutrição Pediátrica e Nutrição funcional.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *